Blog BabyLo
licença maternidade
Nosso Bebê

Voltar ao Trabalho – Adaptação da Mãe não do Bebê

Oi galera, tudo bem? Hoje venho aqui para falar de um momento muito importante na vida do bebê e da mãe – a volta ao trabalho e fim da licença maternidade. Estou de licença desde agosto e agora em março é momento de voltar ao trabalho, confesso que estou tentando não pensar muito nisso pois dá um aperto no coração lembrar que terei de me separar dele todos os dias pela manhã e só nos veremos de novo no final do dia. Claro que o aperto é menor, pois ele ficará na casa dos meus pais e nossa, ele será muitíssimo bem cuidado, não tenho nem dúvidas quanto a isso. Mas mesmo assim, passar o dia todo sem ver a carinha dele sorrindo, sentindo o cheirinho delicioso dele, o coração apeeeeeeerta.

Esses dias fiquei pensando, temos os 6 meses de licença, ficamos em casa nos adaptando a nova vida, ao nosso bebê e a tudo que ele precisa….quando eles começam a realmente interagir com a gente, sorrir; brincar; olhar nos olhos; dar os primeiros múrmuros; começam a se virar e querer engatinhar temos que deixá-los. E é uma adaptação muito nossa né, porque eles enfim não entendem muito isto ainda e ficam de boa, mas a gente….

Meu marido, o Tiago, disse para eu começar a fazer um tipo de contagem regressiva para ir acostumando a cabeça e o coração. Ainda não consegui iniciar esta contagem 🙁

Sei que tenho que voltar ao trabalho (e que este dia está cada vez mais próximo) e que terei de me adaptar, que no início será imensamente difícil ficar tantas horas longe do meu pequeno, que passarei o dia inteiro olhando fotos e pedindo fotos dele para minha mãe para saber tudo que ele está fazendo e esperando que esse aperto cada dia fique um pouco menor.

IMG_2437

Como foi esta adaptação de vocês para o dia do retorno ao trabalho? As primeiras horas e dias foram realmente muito tensos e difíceis?

10X MAIS COLORIDO! Mês das crianças 10x mais colorido
Pagamentos em até 10x sem juros* em toda Lojinha Online. Aproveite! Validade: 8/10

Bom, vamos lá tentar iniciar a tal contagem e acalmar o coração a cada dia que passar e me deixar mais próxima do último dia.

beijos.

One comment

  1. Vivi, o momento da volta nunca é fácil, por mais que se tente. Eu passei por isso duas vezes e foi doloroso da mesma forma, mas no final da licença maternidade da Julia eu fiz algo diferente, comecei a sair aos poucos, mesmo que fosse só para ir ao supermercado, ficava uma hora ou duas fora. Claro que isso não fez com que eu sofresse menos quando tive que realmente deixar ela pra ir trabalhar, mas é interessante para saber que eles ficam bem quando estamos longe. E carinho de avós é algo maravilhoso, o Lo vai ficar super bem. Beijos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *