Blog BabyLo
mamar no peito
Nosso Bebê

Quando Ele não quis mais Mamar no Peito

Oi galera, tudo bem? Como está o carnaval? Aproveitando muito com seus pequenos? \o/

Hoje quero falar um pouco sobre quando meu bebê não quis mais mamar no peito, e partiu apenas para a fórmula.

O Lô desde os seus três meses ele mamava peito e fórmula, muito guloso e gorduchinho. Eu dava os dois, sendo que a fórmula eram apenas umas duas ou três por dia, e o resto todo no peito. Eu tinha bastante leite, e ainda reforçava tomando o Equilid para maior produção, indicação da pediatra desde que ele nasceu, na época até li que o remédio ajudava um pouco (bem de leve) caso a mulher tivesse depressão. Eu ficava tri bem, e ainda produzia mais leite pro meu amor.

Na nossa primeira viagem longa, onde passaríamos 10 dias na praia, foi quando o desmame começou mesmo sem eu saber. A mudança na rotina do nosso pequeno, fez com que ele reclamasse e rejeitasse o peito, foram dias bem tensos, pois eu tentava dar o peito e ele chorava muito, não queria de jeito nenhum, só aceitava pela manhã, tipo a primeira e segunda mamada da manhã tudo bem, as demais nossa, parecia que estavam matando ele. Voltamos pra casa e Ok ele mamava pela manhã e uma ou duas vezes na tarde eu conseguia dar o peito. Duas semanas depois da nossa volta do réveillon, fomos a Antônio Prado passar um final de semana….neste momento ele largou de vez. Não queria mais nem pela manhã, só aceitava mamadeira, tentei diversas vezes, era um estresse completo meu e dele. Conversei com algumas amigas, procurei profissionais…

Em um primeiro momento fiquei muito triste, meio decepcionada comigo sabem? Tipo: poxa, porque eu não consigo? Será que o problema é comigo? Será meu leite? Será que sou incapaz?

Depois de todos estes dilemas internos e de ver meu filho estressado a cada vez que eu tentava fazê-lo mamar no peito, vi que a vida era assim. Tudo tem o seu tempo e o seu jeito diferente de acontecer. Algumas mães amamentam até dois anos; outras não possuem leite e os alimentam somente com fórmula; e outras conseguem até um certo tempo e pronto. Cada mãe é de um jeito e cada filho é de um jeito, cada um com seu jeito diferente de começar a vida.

Comigo foi assim….e com vocês?

beijos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *