Blog BabyLo
diário 9 meses
Nosso Bebê

Diário de 9 Meses: O que ele nos ensinou

Neste diário de 9 meses não vou falar como o Lorenzo está, o que ele tem feito, ou coisas do gênero…neste diário quero contar um pouco, o que nós, como família estamos aprendendo juntos…

O que ele nos ensinou

Fazem 18 meses que estamos juntos, passei 9 ótimos meses com o Lorenzo dentro da barriga, sendo paparicada o tempo todo, ganhando carinho; atenção e amor de todo mundo o tempo todo…passei 9 meses ansiosa para conhecer uma pessoinha que vinha crescendo dentro de mim e que me chutava o tempo todo, se embolava todo no meu estômago e me deixava com falta de ar e que deixou minhas virilhas doendo do meio para o final da gravidez ahahaha…mesmo com todas estas dores, contava os dias para ver o rostinho dele a cada eco, e ficava imaginando como ele seria quando nascesse…

 

E agora fazem 9 meses que ele está aqui comigo…me ensinou como segurar um bebê completamente indefeso nos primeiros segundos de vida; olhou nos meus olhos e deve ter pensado “mamãe, se prepare, seus dias nunca mais serão os mesmos”; me ensinou que amamentar é muito diferente do que lemos nos blogs/ revistas e sites especializados – ao mesmo tempo que as vezes dói muito, é extremamente ótimo tê-los ali tão perto respirando na mesma frequência – me mostrou que dar banho não é assim tão complicado quanto parecia nos filmes…me mostrou que a dor dele, certamente vai doer muito mais em mim, sempre; que ao mesmo tempo em que preciso parecer forte e segura, vou me sentir a mais frágil das pessoas…me mostrou que ele em algumas situações é mais corajoso que eu ahahaha.

diário 9 meses diário 9 meses  diário 9 meses

Me “disse” em manhãs que cada noite será diferente, que terá umas em que ele sentirá sono muito cedo e muito rápido, mas que terão outras….em que demoraremos bastante para dormir de verdade 😛

Nestes 9 meses, aprendemos a engatinhar juntos…aprendemos a falar a língua dos bebês juntos…a sorrir um para o outro…aprendemos a nos entender no olhar.

 

Ele aprendeu a reconhecer minha voz, assim como eu aprendi a reconhecer cada trejeito, cada esfregadinha de olho.

Aprendemos, que ainda teremos muito o que ensinar um ao outro, e que não adianta ter pressa cada coisa acontecerá no seu tempo, no meu e no dele.

Ah…aprendemos também, que o amor não nasceu pronto…ele cresce um pouco mais a cada dia, a cada minuto e segundo que passamos juntos.

 

E assim foram nossos últimos 18 meses.

Beijos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.