Blog BabyLo
diário de 11 meses
Nosso Bebê

Diário de 11 Meses: Estamos Quase Lá!

Chegamos então ao 11º mêsversário do meu pequeno, agora quase grande, menino. Sabe quando tu normalmente ouve das mãe: “ah parece que foi ontem…”? Realmente parece que foi ontem…que eu estava enorme, que não conseguia mais nem comer direito porque a falta de ar estava demais, que ele se embolava todo no meu estômago e deixava tudo tão divertido ahahaha, que ele se mexia lá dentro quando eu relaxava no sofá, que era só chamar alguém para sentir ele que parava (até parece que seria tímido)…

O Ontem

há um ano atrás eu ainda estava trabalhando, com uma barriga enorme, e as pessoas tinham medo de ele vir a qualquer momento. Era muito engraçado.

Engraçado pois eu estava super tranquila, me sentia muito cansada, mas estava extremamente feliz. Meu marido já apresentava um leve pavorzinho dizendo que eu tinha que me aquietar um pouco, mas estava realmente muito grande.

diário de 11 meses diário de 11 meses

Meu maior medo era sentir contrações sozinha e dirigindo, claro que sabemos que as coisas não acontecem tão rápido na hora do parto, mas na hora do vamos ver não lembramos desta consciência, vão por mim. Para mim é melhor estar trabalhando e junto de outras pessoas, do que em casa sozinha, mas realmente as dores nas costas, dores nas pernas; dor nas virilhas (sim, porque elas parecem que vão abrindo conforme vai passando o tempo), os pés e mãos inchados já davam sinal de que era melhor parar. Minha pressão começou a ficar um pouquinho irregular, mas ainda não tinha nem sinal de dilatação…”sim muito cedo ainda, ele está previsto apenas para 19/08″ ahahaha quanta ilusão.

Meu bebê apressadinho quis nascer de 38 semanas, bem faceiro. Exatamente no dia em que acordei comemorando a entrada na 38ª ele resolveu que queria vir \o/ para meu pavor e alegria ahahahahahah (mas tudo como aconteceu eu conto em outro post).

E hoje?

Hoje já sou mãe de um bebê de 11 meses, grande, lindo e esperto. Que, como já disse aqui outras vezes, me ensina todos os dias como viver esta nova vida. Que não é fácil, que está longe de ser tranquila e repleta de flores; que a cada dia me dá um tapa na cara com novas situações completamente inusitadas e aprendizados rápidos, sim, porque não dá tempo de ler nos livros o que vai acontecer ou o que fazer, eles esperam uma resposta tua AGORA, ou antes até.

Lorenzo é extremamente curioso, e dá indícios de que será bem brabo – e o que terei de aprender com isso? Ter calma Viviane, calma. Aprender a respirar, aprender que gritar não adianta sempre e que agora ele ainda é muito pequeno para diversas coisas, mas também bem espertinho para outras.

felicidade plena

Eles nos testam o tempo inteiro, preparem-se. A cada chorinho, a cada manhãzinha, a cada olharzinho querendo algo…tudo é um teste. E não, não precisamos gabaritar em todos, somos gente como a gente e tiramos notas baixas…em vááááárias matérias. Vamos nos julgar por isso? Sim. Normal. Vamos fazer comparações de mães, e filhos, e atitudes e tudo mais? Sim, fazemos isto na vida e é normal, ninguém precisa sofrer.

E como diz a música:

“Se é tempestade, todo medo
Se for arrependimento
Por favor tira daí
Você ainda não me tem inteiro
Nem me conhece direito
Mas já posso te ouvir
E quando a barriga for crescendo
Você ainda vai ser linda
Eu nem preciso te ver
Seca o choro e fica aqui comigo
Que até assim tristinha eu já sei
Que eu amo você!”

 

Beijos, até mais!!!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.