Blog BabyLo
decidi engravidar
Nosso Bebê

Quando Decidi Engravidar

Sabem, sempre fui muito festeira gostava de sair para dançar e me divertir…eu e o maridão adorávamos…ele morava “junto” a mãe dele e eu com meus pais, e passava os finais de semana na casa dele. Um belo ano ele resolveu ir morar sozinho…ficamos ainda mais próximos, e passávamos cada vez mais tempo juntos…a pressão aquela (da minha família) até já rolava, mas não…ainda era cedo, e nós nem morando juntos estávamos…depois de um ano e meio sozinho, decidimos ir morar juntos – dividir o mesmo teto; juntar as escovas de dentes – essas coisas…

Foi então então que….

Decidi Engravidar

Não sei porque, mas com esta mudança de casa e de vida, comecei a sentir muita vontade de ter um bebezinho nosso, decidi engravidar…parei de tomar remédio, conversei com minha ginecologista e avisei o marido…é avisei, porque se dependesse dele, ainda não era o momento para pensar nisso e essas coisas que pensamos e falamos quando temos medo. Se eu não tinha medo? Morria de medo também, mas a vontade de me tornar mãe, começou a falar mais alto.

E dai quando mulher decidi que quer engravidar, coitados dos maridos ahahahaha. Eu só falava nisso, e ele só fugia do assunto…eu tinha diversos aplicativos que me ajudavam a saber quando ero “O” dia…só que eu acho que ele também tinha os mesmos aplicativos ahahahaha, homens são terríveis. Todo mês era aquela correria, chegava a semana fértil e lá estávamos EU cheia de amor :P….fazia posições loucas para “ajudar” os bichinhos a chegar lá nos ovários (quem nunca fez???) – marido nunca viu, graças a Deus…e nada….

decidi engravidar

Só queria ver filmes de grávidas, documentários de gravidez; programas em canais femininos falando sobre filhos e a hora do parto, e obrigava o marido a assistir também, é claro.

Foram sete meses de tentativas, de todo mês achar que estava, comprar o exame de farmácia e ter a triste notícia que não…tenho certeza que cada vez que eu fazia o teste, o maridão comemorava o resultado :(. A Gineco chegou a dizer que se fechássemos um ano não não acontecesse, ela iria nos “investigar” melhor. Fiquei morrendo de medo de dar alguma coisa né, de por algum motivo da vida não poder realizar o meu desejo…

decidi engravidar

Foi então que após sete meses de tentativas, nosso bebê quis vir até nós. Comprei, mais uma vez o exame de farmácia, fiz….e quando vi os dois risquinhos….fiquei muito sem reação. Não sabia se ria, se chorava, se gritava…mostrei pro marido, ele arregalou os olhos e disse: “Mas não é 100% ainda né? Falta o de sangue”….ahaha homens.

Beijos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *